Como ficará a casa após o Corona Vírus?

A nossa casa é o templo do nosso templo (corpo), devemos cuidar bem dela.

Acompanhe as mudanças que estão chegando em nove ítens

Uma Pandemia é um evento de proporções mundiais, com isso traz mudanças profundas nos nosso hábitos e sobretudo no modo de habitar.

Vamos ver de forma resumida para termos uma ideia de como foi isso ao longo do tempo:

A pandemia em 1918, chamada de gripe espanhola, tinham um aliado na sua transmissão dada a ausência de medidas sanitárias e de ambientes que permitissem uma boa higienização em todos os níveis pois isto não ocorria como politica publica e nem no âmbito pessoal ou familiar nas residências. Era comum ter quartos sem janela, as famosas alcovas que não tinham contato exterior e eram como um anexo a sala, cômodo pequeno e sem luz natural e entrada de ar,  com isso ficavam sem renovação de ar, sem a sanitização da luz solar matinal, que e tão importante aos dormitórios saudáveis. O hábito de se lavar as mãos não existia, era uma época em que regras e costumes de higiene eram pouco usados e em geral as pessoas achavam desnecessário dada a ignorância dos resultados positivos para a manutenção da saúde.

Com certeza teremos mudanças substanciais no projeto da casa em razão do Covid19, nos nossos usos e costumes que afetarão bastante a nossa rotina.

A casa como nosso refúgio tem através da historia se adaptado, perante as exigências para nos atender sempre melhor.

O conhecimento de todos os itens que envolvem um projeto é de capital importância sempre, mas especialmente nestes momentos em que há a necessidade de mudança.

O que o Corona vírus tem a ver com isto?

Este passado de várias epidemias e mesmo os tempos de guerra, com todos os seus rigores e dificuldades, trouxeram-nos conhecimento de como proceder para evitar muitos contágios com regras básicas de higiene. Este conjunto de conhecimentos, usos e costume foi se arraigando e com isto a saúde geral foi melhorando, ao longo do tempo, ate chegarmos aqui.

Mas neste momento temos que falar especificamente do covid19 ou corona vírus que está provocando isolamento social de varias maneiras e em boa parte do globo terrestre e mudanças nos usos e costumes ou no tocante à nossa higienização rotineira, que estamos revendo e por isso a casa precisará se adaptar para atender as novas exigências.

O que é um vírus e seus mecanismos de contágio :

Temos que entender a biologia básica do que é um vírus.

O nome vem do latim e significa veneno ou toxina, e constituído por uma molécula proteica, de dimensões tão ínfimas que só pode ser visto através das lentes de microscópios eletrônicos. 

Ele é acelular ou seja, não tem célula, o seu decaimento depende de temperatura, umidade, meio em que se encontra. 

Neste caso especifico do virus Covid19, ele se propaga pelo ar, através dos fluidos como saliva, espirro, por isso a necessidade de uso de máscara e o vírus pode ficar ativo em superfícies em superfícies como pisos, tampos mesmo papel, embalagens.

Atenção aos nove itens que deverão mudar na casa pós corona vírus:

1- A conexão emocional e espiritual entre nós e nossa casa, vai ser incrementada:

Conexão genuína entre nós e casa, nosso diálogo com o espaço será mais amoroso de troca e de reconhecimento ao nosso refúgio, este será um modo profundo de entendermos melhor como o nosso ambiente nos serve e como podemos incrementar esta relação de constante feedback que recebemos do ambiente e como o energizamos.

A casa passará a ser entendida como um organismo vivo, capaz de interagir de modo muito mais eficiente como auxiliar e coadjuvante no seu bem-estar, saúde e alto-astral.

De repente, estaremos mais conscientes de que ambientes saudáveis são fundamentais para a nossa vida saudável, considerando a qualidade do ar, admissão de luz natural, mood ou estado de humor.

2- O nosso autoconhecimento está sendo convidado a melhorar dia-a-dia:

Teremos nosso lugar para o isolamento onde possamos no sintonizar com energias mais elevadas. Em profundas meditações, pranayama, sound-healing e outras praticas de auto-conhecimento.

O isolamento social está nos mostrando isto, ensinando que é necessário voltarmo-nos ao nosso interior, pois é do nosso interior como ponto inicial que conhecemos o universo, ou o exterior.

Além disto o autoconhecimento é um mecanismo importante para nos auxiliar a reduzir a ansiedade, o medo e a incerteza.

3- A natureza vai entrar com mais ênfase no ambiente interno, tirando a aridez.:

As plantas serão mais valorizadas e amadas pelo seu papel em nossas vidas, nosso bem-estar e saúde.

Porque a natureza harmoniza o ambiente e purifica o ar, hidrata e nutre. Visualmente nos harmoniza e nos religa a nossa natureza.

Incrementar a natureza dentro de casa, será com certeza uma tendência.

Os efeitos sobre o nosso bem-estar e saude mental são cientificamente comprovados, haja vista o estudo de Biofilia, de Neurociência que comprovam a interdependência das especies na manutenção da vida.

As entradas de luz natural e ventilação natural, serão mais bem posicionadas no imóvel  e valorizadas, assim como um lugar para poder se tomar sol diariamente. 

Os efeitos da vitamina D, que de tão importante é classificada como um hormônio que e capaz de implementar nossas respostas imunológicas é obtida pela simples exposição do corpo com áreas de pele expostas por 10 a 20 minutos diariamente. Os efeitos da vitamina D sobre nosso sistema imunológico e muitas outras funções vitais é largamente descrita e documentada na literatura cientifica.

Lembram-se de muitas casas construídas em décadas passadas tinham seu quintal com algumas árvores frutíferas e local para a hortinha? Pois é, prazeirosa de ter, cuidar e receber todos os benefícios que ela pode nos oferecer.

4-Os modos de compartimentação e organização serão alterados:

Uma ênfase enorme será dada a limpeza e purificação, já no hall de entrada do imóvel teremos um conjunto de dispositivos para a higienização. E todos os dispositivos de higienização como frasco de álcool gel, lugar para deixar os sapatos, lugar para higienizar a sola dos sapatos, como tapetes com solução de hipoclorito, ou solução asséptica, conforme já estamos fazendo agora. Tudo isto para a higiene pessoal ao entrar bem como das coisas que chegam como encomendas, compras e entregas.

Observando que algumas destas rotinas já são usadas por outras culturas como no Japão, onde os sapatos nunca adentram os ambientes internos, sendo deixados na entrada para evitar a contaminação do piso e consequentemente do ar e superfícies.

Provavelmente teremos um lavatório ou lavabo muito próximo a entrada para evitar entrar com as mãos “contaminadas”.

Nos países de clima frio, há na entrada um armário para deixar os casacos e botas cheias de neve. A ideia será com certeza adaptada para outros climas com o uso diferente, ou seja, com finalidade de guardar o que não deve ir para o interior e podermos fazer a higienização logo ao chegar. 

Lugar para deixar a roupa que foi usada no trajeto externo, para ser lavada.

Superfícies e tampos mais fáceis de higienizar, bem com dispositivos envolvendo iluminação UV em circuito fechado para higienização. Já temos o exemplo de maçanetas autolimpante com ouso de luz ultra violeta. A luz U.V. Tem poder germicida e higienizador, lembrando que a temos nos raios solares e são gratuitas.

Então tecnologias que facilitem a limpeza virão rapidamente.

Aqui vou colocar um conhecimento que vem de tradição que e a orientação dos dormitórios para o sol norte, para que eles possam ser banhados pela luz higienizadora e manterem a saúde do ambiente e consequentemente dos seus moradores.

Os dormitórios quando bem orientados nos pontos cardeais, são mais saudáveis e promovem mais saúde.

Com certeza estaremos buscando uma casa mais integrada, no conceito aberto, sem muitas compartimentações. Onde a familia possa fazer a sua rotina mais integrada e fluente.

Valorização de pontos para o lazer, para a prática de atividades físicas.

A presença dos PETs estarão ainda mais em destaque pois eles dão vida aos espaços, brincam, divertem-se e nos divertem com sua companhia sempre amistosa.

Haverá valorização do espaço para o Home-office, pois parte das atividades poderão ser cumpridas trabalhando de casa, como já estão sendo realizadas.

Trabalhar de casa requer um local adequado e confortável.

5- Mudança nos móveis serão vistas, pois eles são as peças de interface imediata entre nós e nossa ação de rotina:

A busca por praticidade para a limpeza e higienização, moveis que permitam vassouras, rodos ou robots transitarem mais livremente para limpeza entre o piso e eles.

A facilitação e a praticidade serão itens de decisão de escolha das peças de mobiliário, mas claramente os outros itens envolvidos na escolha não serão esquecidos, como conforto, beleza e a praticidade terá que estar envolvida pois será um item decisivo.

Aqui pode-se destacar moveis volantes ou com rodízios para serem fáceis de movimentar, moveis que facilitem a limpeza sob os mesmos. Moveis multifunção que aumentem a interface de colaboração num mesmo espaço em varias funções em que for exigido.

6- Mudanças na cozinha para que seja mais fácil preparar alimentos saudáveis: 

Com a valorização da saúde em níveis mais elevados do que antes os alimentos frescos serão muito valorizados, também de produção local pois a nutrição que incrementa a saúde será um novo costume. A tecnologia irá acompanhar este momento, buscando auxiliar na rotina. Além disso a cozinha será um local mais integrado ainda pois quem prepara o alimento participa da rotina da casa. Será uma maior valorização do conceito aberto, onde no imóvel as salas e até varanda tem grande integração física e visual.

Cozinhas mais tecnológicas e praticas para preparo de alimentos saudáveis.

7- Na parte de infra-estrutura teremos valorização da energia:

Como exemplo a energia fotovoltaica como substituta para a energia elétrica convencional, para se obter mais autossuficiência pois a energia é captada do sol por painéis fotovoltaicos. Teremos mais reservatórios de água para reuso, captada da chuva e usada para lavagem ou irrigação, valorizando e respeitando os recursos hídricos.

Compostagem, aproveitando as partes vegetais descartadas no preparo de alimento, para criar um composto vegetal riquíssimo para uso nas plantas e paralelamente diminuirmos o impacto de descarte de lixo orgânico que são responsáveis por enorme formação de CO2.

8- O serviço de cuidados com a casa será menos terceirizado:

Com a vivencia dos espaços neste período de quarentena, pudemos olhar com muito mais detalhes a arrumação, a limpeza e perceber como isto faz diferença na nossa rotina.

Onde antes diríamos: Vou deixar isso para ser feito depois, teremos o prazer de fazer, observando o quanto de satisfação e bem-estar uma ação de organização e limpeza promovem.

9-Passaremos mais tempo em casa:

Depois de experimentar a quarentena, descobrimos muitos valores esquecidos de como é estar em casa e poder desfrutar dela. Ela será mais incluída nos planos de trabalho e lazer, diferentemente de antes que talvez colocássemos a casa no último lugar.

A casa passa a ter mais protagonismo na vida de cada um.

Para concluirmos tudo isso, como será esta mudança:

Estamos aqui falando em mudanças que nascerão em projetos novos mas também de casas, não importa a idade que tenham, precisaremos rever estes itens e esta revisão não será imediata mas ocorrera como em uma onda, onde daqui algum tempo, teremos estas mudanças incorporada aos imóveis, marcando a historia da casa e nosso convívio com ela.

O Covid19 provocou isolamento social, medo, rigor, atenção sem precedentes a detalhes que antes não eram se quer considerados e necessidades prementes de que a casa  corresponda a adaptação relâmpago, consequentemente estaremos mais exigentes nos dias vindouros e observadores em termos de necessidades.

Espero que tenha gostado e agradeço a sua presença aqui no nosso blog.

Se tiver perguntas deixe para que possa responder.

Deixe seu comentário e de como você vê toda esta onda de mudanças que o Covid19 esta provocando em sua vida.

Se precisar de orientação marque uma consultoria on-line.

Temos solução para seus problemas e modos de melhorar muito o seu ambiente para que você possa ter mais conforto e bem estar, alem de tudo praticidade para a rotina da casa.

Beijos 

Maitê Orsi

Você já pensou como o ambiente te afeta?

“Bora” colocar atenção nisso, porque:                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   

A nossa vida é o produto de como nos               relacionamos com o universo!

Para entender como o ambiente nos afeta, temos que olhar desde o nosso interior, passando pelo exterior, nossa casa e espaços que passamos mais tempo, indo até as estrelas. 

Como diz o Feng-Shui, o conhecimento milenar ancestral de harmonização dos ambientes, as relações estabelecidas entre  o ser humano, a terra e o céu.

Nós não somos uma existência individual, somos uma sincronia, uma rede de tudo que nos cerca e que principia desde nosso interior reflete para fora e vive um ciclo de emissão/recepção ou constante fluxo de feed-back.

Sincronia com a natureza é a chave de termos saúde, um simples exemplo e o ciclo circadiano, ou dia/noite para calibração de nosso sono e atividade com disposição.

Na atualidade, nos encontramos tão desconectados que achamos que esta desconexão é a nossa natureza. 

Como estamos agora:

Precisamos refletir e acompanhar o ritmo da vida, natureza, cosmos, em sincronia, significa para nós uma existência mais harmônica e equilibrada.

São muitas forças que nos sensibilizam, atuam, interferem, participam e fazem de nós quem somos e automaticamente como nos sentimos.

O que é acertar o sincronismo com toda a vida, são tantos os mecanismos operantes neste cosmos que precisamos estar em harmonia com eles.

A humanidade como um todo, nos dias de hoje, está enferma. Os números estatísticos de enfermidades é alarmante. Obesidade, uso de remédios de uso continuo, diabetes mellitus, depressão e tantas mais.

Este fato pede de nós uma profunda reflexão pois além de cuidar do como nos alimentamos, temos atividade física, descanso e todos ritmos que estabelecemos, temos que nesta equação incluir sem duvidas os nossos ambientes.

Vamos olhar os detalhes e todas as relações para entender mais:

O Corpo:

-o poder das praticas físicas e inegável em nosso bem estar, devem ser feita de acordo com a nossa preferência e bem orientadas pelos profissionais da área. Restabelecer a sincronia de estar em ritmo com a vida do planeta, a natureza. A sabedoria ancestral recomenda: o corpo é um sistema que foi feito para o movimento.

-Alimentação Saudável, …. a orientação e personalização de uma rotina para dar ótimos resultados é muito importante pois um profissional nutricionista ou nutrólogo podem podem dar a vc os atalhos para obter melhores resultados em menor tempo. Mas a regra da vovó de escolher ingredientes frescos e naturais, sem contaminantes, evitar todo e qualquer excesso é sabia também.

-Ambiente, a reverberação deste ambiente sobre nós no âmbito físico, mental e espiritual é digno de prestamos atenção.

A Mente e o espírito:

Exercitando a mente em seu modo tempo presente.

-tenha um cantinho devotado ao sagrado, dedicado ao contato com seu interior. Para isso podemos praticar meditação e mindfulness. Estas sao ferramentas de auto-conhecimento.

  • além da meditação e mindfulness, devemos falar em Feng-Shui, pois este conhecimento multimilenar tem muito a nos ensinar sobre o equilíbrio que precisa ser estabelecido para entre nosso templo, corpo/mente/espírito com este ambiente que é o templo do nosso templo.
  • A nossa mente funciona em sua maior parte no modo inconsciente, ou seja 95% do tempo e só 5% em modo consciente, pela mente lógica e analítica. Sendo assim veja a importância de meditar para aumentar a interação entre inconsciente e consciente, serenidade a mente e manter um padrão harmônico de ondas cerebrais. 

Conexão com o ambiente e natureza:

Estar em conexão, isso não é incluir um modo a mais, isso significa estar no modo.

Colocando a sua atenção em seu ambiente:

-na serie que escrevi intitulada de Casa Saudável, abordo vários âmbitos para nos tornarmos cientes de como nosso ambiente contribui positivamente ou não.

-Um aspecto de fundamental importância dentre os outros abordados, que nos dá ritmo, quando falamos em respeitar o ciclo circadiano, estamos simplesmente falando: entre no fluxo da natureza, este marcador que temos nos pede equilíbrio, para termos um dia de atividade com muita disposição e uma noite de sono profundo e reparador. A receita é simples, expor-se por alguns minutos ao sol, e a noite evitar a frequência da luz azul, só isso ja faz este milagre da natureza funcionar.

-Estar em conexão com a natureza significa estarmos acompanhando o fluxo de energia que mantem a tudo no cosmos, há um ritmo, um movimento.

-O ambiente tem muita importância nestes itens pois estamos a maioria de nosso tempo em ambientes internos, na verdade são em torno de 90% do nosso tempo, isto é muito mais do que imaginamos, ou parece que nem tanto, mas na verdade esta é a media de tempo, incrível não é?

Há um numero crescente de pessoas que desejam obter mais da sua existência e este artigo e para você que busca isto, o aprimoramento continuo é parte da nossa natureza, mas não nos esqueçamos que cada um tem seu ritmo e tempo próprios, quem tem pressa de se aprimorar pode olhar com respeito amoroso a quem quer ficar exatamente onde está.

Como engrenar nossos relógio biológico com o da natureza.

Temos um ritmo ou ciclo circadiano, regulado pela luz e pelos ritmos da natureza como fases da lua, temperatura, luz solar.

Neste aspecto, podemos enfatizar a importância da natureza em nossas vidas, o contato com ela nos auxilia de muitos modos, incluindo a calibração do nosso ritmo. Além do ciclo circadiano, obedecemos vários ritmos em âmbitos energéticos por exemplo, em aspecto de percepção, ou aquilo que chega via percepção através dos nossos sentidos.

E preciso mudar!

Temos que repensar nosso estilo de vida, pois nossa relação com o ambiente tem que ser vista, elaborado e corrigida em que for necessário, podemos repetir com constância os hábitos errados que desconstroem nosso bem estar.

Vamos enumerar algumas boas praticas para obtermos bons resultados:

1- Reconhecer a importância do ambiente em nossa vida, trabalhar par que ele seja harmônico e auspicioso.

2- Elaborar o ambiente da casa ou escritório de maneira que ele possa oferecer uma rotina de praticidade, comodidade, alegria. Para se obter isto temos que ter olhos para móveis inteligentes,  capazes de interagir com nossas necessidades de armazenagem, uso e beleza.

Ressalto aqui a importância de um ambiente bem projetado.

3- Incluir a natureza, sua sabedoria natural e fluxo na nossa casa. Tenha plantas, cuide bem delas. Eu tenho uma cliente muito querida que conversa com suas plantas e tem vasos maravilhosos, sempre floridos, como se agradecendo a forma amorosa e interativa.

4- As plantas dentro de casa, ar limpo e fresco, beleza e equilíbrio, cores belas e harmônicas, funcionam como nutrientes para nosso ser. 

A casa precisa estar limpa e organizada, o ar de ótima qualidade sem poluição química. A iluminação natural deve ser abundante e com possibilidade de controle.

5- Organização conta muito para a nossa paz interior pois ficamos com a impressão de tudo esta em seus lugares e não perderemos tempo para infinitas procuras se de algo precisarmos nos objetos guardados.

6- Ambientes bem iluminados, deixe o sol entrar por pequenos espaços de tempo pois ele renova a energia e tem efeito asséptico, ou tem o poder de eliminar micro organismos nocivos a saúde.

7- Cuide do silêncio mas também cuide do som. Lembre-se que boa musica nos faz bem e traz alegria, sons da natureza nos reequilibram, o som é um estimulo qualificado para criatividade e bem-estar.

8- Imagens e quadros, assim como objetos, devem te provocar boas impressões, como alegria, positividade e bem-estar.

9- Investir em qualidade pois isto significa ter que trocar menos, ter um objeto ou móvel que tenha valor emocional e boa qualidade, isto resultará em durabilidade na composição.

10-Lembre-se de ter um cantinho privativo, silencioso, onde possa praticar sua meditação ou qualquer ato de fé pois isto reforça nosso interior.

Espero que encontre nestes itens assunto para colocar em prática, lembre-se que olhar amorosamente para o ambiente nos enriquece e acrescenta qualidade de vida e bem-estar.

Agora você tem ferramentas para compor o ambiente que te afeta para seu bem-estar e qualidade de vida.

Viver de modo mais completo, feliz e harmonioso nos leva a uma existência mais plena!

Deixe seus comentários ou perguntas, terei prazer  em responder.

Obrigada por estar conosco.

Beijos

Maitê Orsi