Você convive bem no seu espaço interno?

Como lidar com o espaço interno com os desafios que estão se apresentando.

Veja o porque de agora o novo espaço ser o espaço interno!

Leia-se por “espaço interno” o interior de nós mesmos e dentro do nosso espaço, da casa.

A casa 

A casa é uma projeção de nós mesmos, nós a criamos e modelamos, depois disso ela nos faz.

Ela também é um espaço espetacular, flexível, pode ter muitos usos, multifuncional! 

Ela nos atende em todas as necessidades, ou deve atender, para que seja assim precisa ser trabalhada para atender a você como um reflexo. Uma boa dica é um bom projeto para colocá-la nesta condição.

Nestes tempos de corona vírus, há que termos uma grande reflexão sobre o afeto, sobre estar juntos, ter essa ou aquela companhia. E de estarmos com as pessoas que nos são queridas e que nestes tempos não esta tão possível em razão do isolamento, porém concluímos como é realmente enriquecer para todos quando isso pode ocorrer.

E também precisamos nos lembrar de incluir nesta nossa reflexão sobre o espaço interior sobre o afeto, no nosso espaço interior do coração, sede dos sentimentos ou nossa casa que sempre nos recebe, nos serve e aconchega, seja qual for a circunstância.

Elaborar a casa é ter amor, reconhecimento e gratidão por ela.

O nosso corpo, mente e o abraço

Como neste nosso tempo o contato pessoal ficou belo e raro diante da impossibilidade de corrermos para o abraço.

Mas ainda assim veja quantos momentos gostosos dá para criar no ambiente da casa, de aconchego, de confraternização ainda que em pequeno grupo dos residentes, ou ainda on-line, enfim, qualquer meio de estar juntos sem o contato estando em contato.  Na segurança da casa podemos optar por estar em contato via tecnologia, felizmente.

O momento de reflexão interior também aponta para estarmos valorizando e cuidando dos nossos entes queridos com um olhar amoroso e presente, de novo graças à tecnologia.  Ao fazer isto extensivo à toda nossa família humana via sentimento de solidariedade e esperança, vemos a importância da família em uma outra dimensão.

O que nos trouxe até aqui como humanidade foi a experiência coletiva, o grupo e a ajuda mútua. Juntos somos mais fortes.

Com tanta incerteza destes tempos,pensar nisso é confortante e alentador. Por incrível que pareça hoje o isolamento é um ato de amor e respeito uns para com os outros.

Neste momento, esperança!

Viver o aquí e o agora é um maravilhoso exercício e nos coloca num modo de baixíssima ou zero ansiedade, valorizar o momento é revesti-lo de qualidade, dar ênfase à experiência e tirar proveito de novos aprendizados. Por outro lado manter um baixo índice de stress nos fortalece, cultivar alegria interior também. A esperança nos nutre.

Foco nos detalhes

Os detalhes dão vida ao todo!

O ritual diário das pequenas coisas, como elaborar uma mesa bonita para tomar um café. Colocar um humidificador com óleo essencial que vai perfumar nosso ambiente e tornar tudo mais leve! Trazer uma flor do jardim para enfeitar o interior.

Estes são só exemplos, mas tem inúmeras maneiras de elaborarmos o nosso espaço no cotidiano.

Mindfulness 

Estar no aqui e agora, meditar, acalmar a mente e nutrir pensamentos positivos. E cultivar a alegria interior nunca foi tão importante. Estar com atenção no tempo presente nos dá qualidade de apreciar e nos livra da ansiedade do futuro ou ainda de tentar redesenhar o passado.

Sermos mais seletivos e cuidadosos, olhar para a organização, beleza e higiene da casa também é uma forma de termos um novo olhar, os tempos estão pedindo isso, porém, também há um clamor para sermos mais solidários e amorosos ainda que à distância. Veja como realmente estamos surpreendentemente re-descobrindo o espaço interior!

Beijos com carinho a todos!

Maitê Orsi

4 comentários em “Você convive bem no seu espaço interno?”

  1. A Maitê e o Edu sempre conseguindo fazer uma excelente proposta de harmonização!
    Nesse caso, a harmonização que vem de dentro da alma para se refletir na nossa casa exterior.
    Se isso é sempre importante, nestes dias de recolhimento doméstico torna-se ainda mais relevante

  2. Maitê, boa noite!
    No aconchego da minha casa, não vejo o tempo passar,não sinto necessidade de sair,pois adoro tudo o que tenho. Faço este retiro agora com o máximo prazer. Ter um ambiente saudável faz a diferença, meu lar é a plenitude da minha vida.
    Você é a nossa colaboradora deste ambiente tão agradável. Beijos e obrigada.

Deixe uma resposta para alldesign Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *